quarta-feira, 19 de novembro de 2008

o princípio KISS*

Rebolo-me no chão a rir de cada vez que, ao ver os noticiários televisivos, descubro mais um iluminado a falar sobre a produtividade dos trabalhadores portugueses. Depois de se anunciar, de forma catastrófica, que a produtividade dos ditos voltou a baixar ou, na melhor das hipóteses, estagnou, lá vêm os teóricos da gestão e os exemplos positivos de empresas nacionais que conseguem contornar a situação.
É nesta parte que os meus neurónios entram em choque e começo a lançar impropérios contra a televisão. Será preciso ter uma licenciatura em Economia, um MBA em Gestão de Empresas ou um doutoramento em Psicologia das Organizações para perceber o que, no meu entender, é tão simples como estrelar um ovo? Das duas uma: ou eu sou uma excelente cozinheira de ovos, ou os tipos e tipas à frente das empresas andam, de facto, a brincar com a malta.
Para ajudar alguns «iluminados» que gerem as empresas portuguesas - não as que são bons exemplos, que com essas eu não me preocupo - lanço aqui algumas sugestões de procedimento, de forma a aumentarem a produtividade dos seus trabalhadores. Gestores da minha terra, podem fazer «forward» via mail aos vossos subalternos, imprimir e afixar no quadro de cortiça junto à máquina de café e - não vos faz mal nenhum - colocar estas dicas no desktop do vosso computador. Ah, e escusam de agradecer...

1. Não marque reuniões para as 18h. A sério. Mesmo que o pessoal saia às 19h, é o suficiente para estragar o bom-humor de qualquer um. Pense: a maior parte dos estabelecimentos fecha às 19h ou 19h30. Raramente uma reunião dura o tempo previsto. Se alguém precisava de ir à farmácia comprar uma embalagem de pílula contraceptiva, se calhar, nessa noite é melhor usar preservativo...

2. Se um trabalhador resolve passar pela empresa ao fim-de-semana para adiantar trabalho ou tratar de assuntos que ficaram pendentes durante a semana, talvez não seja boa ideia dar-lhe mais trabalho a pensar nessas horas de trabalho extra. Hello?? Se a pessoa prescinde do seu tempo livre para não afectar a produtividade da empresa, acha que vai ajudar dar-lhe ainda mais tarefas?

3. Se gosta de controlar a hora de chegada dos seus empregados, talvez seja boa ideia verificar a que horas é que eles saem. Ou seja, a sua empresa só terá a ganhar se, em vez de implicar com alguém que chega às 10h, passar a louvar o esforço dessa mesma pessoa que, por acaso, até costuma sair pelas 21h ou 22h...

4. Privar os seus empregados de água engarrafada ou de café não abona muito a favor das suas competências de gestor. Tal como a recomendação para que bebam água da torneira, independentemente de esta saber a cano, ou de que não bebam café... Não comece você a preparar o seu homicídio.

5. A técnica do «se eu não digo nada é porque está bem» pode ser lógica para si, mas não costuma ser para os trabalhadores. Especialmente se a sua empresa é adepta da técnica «berrar desalmadamente quando algo está mal». Já ouviu falar em motivação? Muitas vezes, um salário menos bom pode ser compensado com algumas prendas verbais, puxando pelas capacidades e pontos fortes do trabalhador. Agora, não comece é a espalhar elogios sem fundamento a torto e a direito, esquecendo-se de aumentar o salário à malta, hã?

*Keep It Simple, Stupid!

4 comentários:

Margarida disse...

(Eu sei, eu sei, cansas-te, mas eu canso-me mais e escarrapchei isso a CAPS no meu blog logo pela manhã!)

Isto tudo só para te dizer que nós as duas podíamos ser umas óptimas gestoras de empresas. Valha a experiência de [ter trabalhado] trabalhar locais em que tudo o que assinalaste se aplica..
Ai ai ai disparate. Não é nada.
Na verdade a minha produtividade aumenta exponencialmente cada vez que sinto o cheirinho a refogado ou peixe frito a entrar ali por debaixo da porta!

E também me sinto muito motivada pelo ordenado (isso sim!!).

Mas vá...tu estás aí ao lado, e isso sempre é um conforto! :)

laura disse...

Maguegaguida: Ohhhhhhhh!!!!! Tão queguida que tu és!! E sim, esse novo coguete de cabelo fica-te a matague... ;))))

E peixe feguito é muito bom. Com agozinho, mnham...

Margarida disse...

Obguigada!
O meu cogte de cabelo está a condizegue com o gigaço que tenho em cima da secgetáguia.Ahahaha!

"Bganco velho, tinto e jeguipiga, com peixe fguito..." :D

Rantanplan disse...

Muito bom!!! Fartei-me de rir. :-)