sexta-feira, 3 de abril de 2009

ouch!!!!!

A primeira tatuagem, nas costas, há cerca de quatro anos, não doeu por aí além. Meia hora de tzzzzzzz e agulhas a perfurar-me a pele aguentou-se bem e sem dramas. Desta vez, as duas horas em que estive na Bad Bones deitada de perna ao léu - com paragem para ir ao wc... - acabaram comigo a ir para casa de táxi meia coxa, completamente dorida. É este o resultado de duas horas em que, além de trucidar os lábios, me fartei de lançar impropérios contra o simpático rapaz que me torturou com todas as agulhas que pôde. Ainda faltam uns retoques - um fundo subtil em tons laranja -, a perna está besuntada de creme cicatrizante e ainda se notam uns laivos de sangue (blaccc!), mas adoro o meu Príncipe Cabeça-de-Nabo. Esta noite foi, sem dúvida, especial. Por todos os motivos e mais um.



Nota: O arranhão é culpa dos gatos, não do tatuador... :)

8 comentários:

I. disse...

Está linda, linda, linda!
Parabéns pela coragem ;P eu não conseguia estar a ser espetada durante duas horas (tenho fobia a agulhas, lol)

passarola disse...

uauuuuu! tens um belo casal tatuado no corpo! quero ver ao vivo! e há ou não há moelas hoje? :)

laura disse...

Bora!!!! hoje há moelas!!! saio pelas 18h. Vou ter a Santos :)))))

passarola disse...

Fixe!!!!! :))))

Bixus disse...

Eh, lá! Nunca pensei que fosse ocupar tanto espaço :)
Mas está fantástica. Eu não teria coragem...


O arranhão é uma espécie de código privado entre os-que-acham-que-são-donos-de-gatos. Fica bem ;)

Jazz Manel disse...

A dor enobrece as pessoas mais vulgares, porque ela tem a sua grandeza, e, para receber o seu brilho, basta ser verdadeira

Honoré de Balzac

Naked Lunch disse...

grande...

MPR disse...

Logo à noite tenho que ver isso...